Global: os de Relações Internacionais da classe para a Web

Print E-mail
Sociedade e Você - Crítica Social
Saturday, 04 August 2012 21:09

Este post é parte da nossa cobertura especial de Relações Internacionais e Segurança .

Internet e Web 2.0 têm permitido que os estudantes ganhem um acesso maior e mais rápido aos livros e cursos sobre "Relações Internacionais" (Ri) e informações sobre faculdades e bolsas de estudo [em] está on-line disponíveis. O Professor Sanjoy Banerjee [no], que tem um doutorado em ciência política pela Universidade de Yale e é atualmente presidente de Relações Internacionais San Francisco State University, disse isto quando contactado por e-mail:

A principal vantagem dos avanços da tecnologia (ICT), particularmente a Internet, fazer pesquisas é muito mais rápido. Com motores de busca como o Google Scholar, você pode encontrar artigos e livros sobre muito mais rápido e mais eficiente do que antes. Claro, a leitura e compreensão não se tornou mais fácil. No entanto, os meus alunos lêem muito mais abrangente em todas as disciplinas mais do que quando eu era estudante.

Shahzada Akram [no], que estudou relações internacionais na Universidade de Daca, Bangladesh na década de 90 e agora é gerente de programas sênior da Transparência Internacional Bangladesh, delineou algumas dessas influências em seu e-mail:

Início Departamento de Relações Internacionais da Universidade de Dhaka, Bangladesh

As alterações são melhor refletida na cena de mudança política de uma das regiões mais importantes - os Estados árabes, através da "Primavera árabe", o impacto do WikiLeaks nas relações diplomáticas entre os Estados, a transmissão ao vivo de todos eventos nacionais e internacionais, tanto na televisão e na Internet, e assim por diante. Isso de alguma forma tem forçado o ensino tradicional e as teorias de RI mudanças nos currículos e material didático. Agora, o IR como uma disciplina são bastante baseado na web (como no caso da minha universidade - a Universidade de Dhaka). Novos cursos em mídia e comunicação focados em RI foram introduzidas para manter o ritmo com o contínuo desenvolvimento das TIC. O RI tem uma nova dimensão, e não é mais objeto de discussão de alguns. Ao contrário, eles tornaram-se mais público, e ganharam mais acesso entre elas.

Há também um número crescente de vozes de especialistas "como historiador RI John Cole, que têm empurrado para além da sala de aula e nos blogs e Twitter , YouTube e Facebook [sobre].

Akram acredita que estas vozes têm ajudado a "conceitos como" diplomacia suave "para ganhar terreno. Os governos agora têm que ser mais cauteloso sobre suas ações ou políticas, mais do que nunca. "

Além disso, muitas vozes podem estar adicionando ao ruído. Prof Banerjee acredita que:

Blogs e outras mídias sociais ainda têm uma importância científica limitada. Para a maior parte não, escrito com disciplina acadêmica e não um substituto para a escrita acadêmica.

Professor Robert Kelly de Pusan ​​National University, que também é um blogueiro na Ásia Segurança Robert Kelly-blog [at] comentou no blog discipulus Segurança Internacional [no]:

Internet está mudando a disciplina, obviamente. Tomamos blogs mais a sério do que antes. Eu acho que o emblema blogue Walt [no] em FP mudou várias coisas, trazendo credibilidade suficiente, mas Drezner [no] foi o verdadeiro pioneiro. Agora, há alguns blogs realmente bons em RI, como pato de Minerva [em].

Ele adverte que "o valor real dos blogs é para testar idéias no campo, em última análise tem de trabalhar para a apresentação de uma publicação. Blogging não é um fim em si mesmo, ou um substituto para uma investigação real. "

Screenshot do Blog O pato do RI Minerva

Em janeiro de 2012, a revista Foreign Policy [en] publicou os resultados de uma pesquisa [no] sobre como a mídia social e Web 2.0 o impacto disciplina de RI. Daniel. W. Drezner proporcionou uma interessante instantâneo de resultados [pdf, en] dos entrevistados em os EUA em seu blog [es]:

  • Mais de 28% dos entrevistados citaram um post de blog em sua bolsa, e mais de 56% de uso de blogs como uma ferramenta de ensino. 90% dos entrevistados disseram ter usado o YouTube em seu ensino.
  • 90% dos entrevistados acreditam que o RI blogs tiveram um impacto positivo na formulação da política externa e mais de 51% dos entrevistados achavam que RI blogs têm um impacto benéfico sobre a disciplina de relações internacionais.

O relatório final do estudo, com dados de 20 países, pode ser encontrada aqui [no].

Um vídeo do canal do YouTube da Universidade de Londres, onde o Dr. Robert Falkner, Professor de Relações Internacionais da Faculdade de Economia Londes tem lugar uma "sessão de inspiração" para seus alunos.

Assim, parece que, apesar das reservas de alguns acadêmicos seniores, o papel da mídia na educação RI está crescendo lenta e progressivamente.

ISN logo Este post e suas traduções para o espanhol, árabe e francês foram encomendados pelo International Security Network (ISN), como parte de uma aliança para localizar as vozes dos cidadãos ao redor do mundo em questões de relações internacionais e segurança.

Este post foi publicado pela primeira vez [em] no blogue ISN [es], ver mais histórias como esta [em].

Postado por Aparna Ray ° Traduzido por Juan Arellano · Ver post original [en] ° Comentários (0)
Partilhe: Meneame · facebook · Twitter · reddit · StumbleUpon · delicioso · Instapaper


Font